Categoria: Governança Global

Percepção da corrupção mundial, Jabor e Constantino

Ultima pesquisa: Score em 100 Países mais transparentes , menos corruptos, mais “limpos”: Dinamarca- 92/100 Nova Zelândia- 91/100 Países mais corruptos: Coréia do Norte- 8/100 Somália- 8/100 BRICS Africa do Sul- 44/100 Brasil- 43/100 India- 38/100 China- 36/100 Russia- 27/100 AMERICA DO SUL: Chile-73/100 Colombia- 37/100 México-35/100 Argentina-34/100 Venezuela-19/100 Arnaldo Jabor , no segundo caderno,página 8 do

O voo de galinha da governança do Estado brasileiro

Voo de galinha é uma expressão muito utilizada pelo professor da Fundação Dom Cabral e meu parceiro no livro Governança Corporativa, José Paschoal Rossetti, para descrever a dinâmica de evolução da economia brasileira em suas aulas . Tomo a liberdade aqui de utilizar tanto a expressão quanto o sentido para analisar a Governança de Estado Brasileiro, segundo

Lei de delação premiada agita empresas

Reportagem de Filipe Coutinho, publicada pela Folha de São Paulo neste último domingo (19/02), mostra como a Lei Dodd-Frank vai muito além de Wall Street e já começa a afetar o comportamento de companhias brasileiras. Aprovada em julho de 2010, a Lei Dodd-Frank (vide último post) prevê, entre outras coisas, a punição ao suborno de políticos e

Lei Dodd-Frank: o novo marco da governança corporativa

Em julho de 2010, Barack Obama, assinou a Lei Pública 111-203, chamada de lei Dodd – Frank de Reforma do Wall Street e de Proteção a Consumidores, iniciando o processo de reforma financeira nos EUA, detonado pela crise 2007/2008. Pela complexidade, abrangência e profundidade da lei, boa parte das suas disposições deverá ser objeto de definição prática

O network capitalista que gira o mundo e a necessária governança corporativa como garantia da saúde do mundo capitalista

Pela importância política e econômica das grandes corporações, na primeira década do século XXI, novas estruturas de poder começam a aparecer necessitando de um cuidadoso acompanhamento por toda a sociedade. Em outubro de 2011, a revista científica New Scientist lançou um artigo intitulado “Revelação: O network capitalista que gira o mundo”, analisando o relacionamento entre 43 mil

Dez anos de Enron: importância e deficiências

Excelente artigo[1] do professor doutor da FEA/USP, Alexandre Di Miceli, chama atenção para a necessidade de se compreender a fraude contábil da Enron como uma consequência dos problemas relacionados à gestão da companhia e ao seu relacionamento com os agentes do mercado americano. O caso Enron, como ficou conhecido, tornou-se um dos exemplos mais emblemáticos de fraude

Green Paper questiona a eficácia dos conselhos de administração das empresas europeias

O chamado “Green Paper”, documento publicado em abril pela União Europeia, levantou informações sobre a governança de companhias de capital aberto em 27 países do bloco. O documento que traz uma série de questões ligadas à gestão dos negócios, também destaca a questão da fiscalização, além de dedicar-se a assuntos relacionados à administração, como a formação e