Perenidade: o sétimo “P” da Governança Corporativa

esquema gráfico da metodologia 8Ps da governança corporativa com destaque em perenidade

Perenidade

  • Salvo em casos excepcionais, objetivo último das organizações.
  • Presente em todas as estruturas societárias, com maior visibilidade nas familiares.
  • Fortemente associável a:
    – Harmonia de propósitos.
    – Criação de valor para os shareholders.
    – Conciliação dos interesses dos shareholders com os de outros stakeholders.
    – Desenvolvimento de lideranças, em todos os níveis
    – Estratégia focada em fatores-chave de sucesso.
    – Tratamento de questões-chave.
    – Gestão eficaz de riscos.

Boas práticas:

  • Gestão eficaz de riscos corporativos.
  • Desenvolvimento de novas lideranças: sucessões bem conduzidas.
  • Criação sustentável de valor para os shareholders.
  • Conciliação de interesses dos shareholders com os de outros stakeholders.

Situações críticas:

  • Desinteresse pela sociedade e pelos negócios por herdeiros distantes e inativos.
  • Riscos crescentes, resultados decrescentes.
  • Interesses legítimos não satisfeitos.

Veja também:

Pessoas: o oitavo “P” da Governança Corporativa

Governança corporativa: a metodologia dos “8Ps”

Compartilhe:

Clique aqui, entre em nosso fórum, deixe suas dúvidas e participe das discussões!